Publicado por: Evaldo Oliveira | Dezembro 31, 2013

VACINAÇÃO, DE MITRÍDATES A JENNER

Mitridates VI Eupátor Dionísio, conhecido como Mitrídates VI, viveu entre os anos 120 e 63 a.C. Foi rei do Ponto, um antigo estado helenístico localizado ao norte da península da Anatólia, atual Turquia, na costa sul do Mar Negro.

Depois de conquistar a Anatólia ocidental em 88 a.C., Mitrídades ordenou a execução de cem mil homens, mulheres e crianças romanas, tornando-se um dos maiores e bem sucedidos inimigos de Roma.

Por falar vinte e cinco línguas, Mitrídates conseguia comunicar-se com cada um de seus soldados em seu próprio idioma. Este fato, de certo modo, ajudou-o a vencer várias batalhas contra Roma. Mitrídates foi derrotado por Pompeu na Terceira Guerra Mitridática (de 75 a 65 a.C.). Depois desta derrota, ele se refugiou na cidade de Panticapaeum, onde tentou suicidar-se ingerindo veneno, porém não morreu devido a sua imunidade.

Naquela época era comum o envenamento – inclusive por familiares – de pessoas ligadas à nobreza, ao poder, o que levou Mitrídates a adotar medidas de precaução. Começou a tomar doses crescentes dos venenos mais utilizados, até que fosse capaz de tolerar uma dose letal. Esta técnica de dessensibilização é hoje conhecida como mitridatismo ou mitridificação.

Que relação teria a técnica da mitridificação com o descobrimento da vacinação? Enfocaremos a varíola, doença que foi erradicada dois séculos depois da descoberta da vacina.

Antes da descoberta da vacina por Jenner (1749-1823), o tratamento consistia de sessões de sangria, jejum e lavagens, o que deixava as pessoas ainda mais abatidas, fracas e deprimidas (As Dez Maiores Descobertas da Medicina, Editora Companhia das Letras).

As epidemias de varíola matavam de 20% a 40% das pessoas acometidas pela doença. Médicos da China e da Índia concluiram  que, se provocassem um ataque brando de varíola em uma pessoa, poderiam impedir a instalação da própria doença mais tarde. Para isso, moíam a crosta de uma ferida de varíola, tirada de um sobrevivente, até transformá-la em pó. Esse pó era colocado em um tubo de prata e soprado em uma das narinas do paciente.

Durante os séculos XVII e XVIII, 30% da população de Londres, por exemplo, apresentava horríveis cicatrizes de varíola, e dois terços dos cegos tinham perdido a visão por causa dessa doença. No processo de vacinação, o sistema imunológico é induzido a reconhecer agentes agressores que podem provocar doenças, e a reagir, produzindo anticorpos capazes de combatê-los. No processo de preparação, pode ser utilizado um componente do agente agressor, o próprio agente em uma forma atenuada, ou até morto, ou outro agente que seja semelhante ao causador da doença que se quer atacar.

No início, o processo de vacinação antivariólica camava-se variolação. No  ano de 1735, apenas 850 pessoas haviam se submetido a esse processo na Grã-Bretanha.

Edward Jenner, nascido em Berkeley, Inglaterra,  em 1749, foi submetido à variolação quando tinha oito anos, e estudava em um colégio público, não sem antes passar pelo obrigatório e perigoso ritual de sangrias, lavagens e jejum.

Quando tinha apenas treze anos, Jenner foi ser aprendiz de um cirurgião rural. Em seu trabalho, Jenner ouviu falar de um tipo de varíola que acometia camponeses que ordenhavam vacas, e que não adquiriam varíola depois. Jenner imaginou, então, que, se as pessoas contraíssem a forma bovina da doença, de forma deliberada, ficariam imunes à varíola.

A partir de então, inúmeras pessoas passaram a receber a inoculação  da varíola bovina como forma de prevenção da varíola humana, tanto pelo próprio Jenner quanto por outros médicos britânicos. O primeiro americano a receber a vacina foi Daniel Waterhouse, no ano de 1800.

No ano de 1799, o Dr. Benjamin Moseley escreveu um tratado referindo-se à vacinação como vacamania. Zombou do trabalho de Jenner, chamando  a varíola bovina de lues bovina, ou seja, sífilis de vaca, dizendo que, assim como a sífilis, a varíola bovina poderia acabar afetando o cérebro.

Um relatório de um certo Dr. William Rowley afirmava que uma criança tinha desenvolvido no rosto uma deformação em forma de boi, um ano depois da vacinação, e que depois da vacinação uma moça havia desenvolvido ronha (uma doença de pele que ataca animais de pelo e animais lanígeros, e sugeria que a vacinação de varíola bovina podia provocar o aparecimento de doenças animais em seres humanos, ou transformar estes em animais.

Em 1803, aos 54 anos, Jenner já era conhecido e reverenciado em todo o mundo, mas continuava pobre, tendo que vender sua casa em Londres para sobreviver.

Não fosse o contínuo esforço pessoal de Jenner, e sua habilidade política nos anos seguintes, a vacinação não teria se firmado na prática médica. Médicos, cirurgiões e farmacêuticos que se opunham à vacinação ganhavam terreno e adeptos, fazendo com que a quantidade de pessoas vacinadas diminuisse, e o número de pessoas mortas pela varíola aumentasse. Somente no ano de 1805 oito mil pessoas morreram de varíola em Londres.

No ano de 1980 a varíola havia desaparecido de todos os rincões deste vasto planeta azul chamado Terra.

 

 

 


Responses

  1. Prezado Evaldo:

    Tive um colega, já falecido, que cismou em não usar o termo vacina, em seus escritos, dizia que lembrava a origem da palavra, que vinha do termo vaca. Ele sempre empregava o termo inoculação.
    Preferências à parte, as pessoas citadas em sua dissertação acima sem dúvida foram seres iluminados. Seu texto bem que poderia ser copiado e distribuído sobretudo aos alunos do primeiro ano de medicina, como um valioso instrumento para que eles, no mínimo, não perdessem a virtude da perseverança.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: